Receita: Beringela “Frita”!

Olá!

Quando falamos em alimentação falamos também em memória afetiva.

A gente pensa que só come e pronto. Mas, nossos sentidos e emoções captam muito mais do que isso e deixam registrados dentro dentro da gente muita coisa.

TUDO o que nos apresentaram, e COMO nos apresentaram desde bebês, criança e até a adolescência fica registrado na nossa memória afetiva relacionada aquele alimento. É algo MUITO forte. Somos capazes de lembrar dos cheiros, texturas, sabor e tudo que estava envolvido com aquele alimento ou refeição. Seja uma festa de família, um aniversário, um jantar ou almoço com pessoas especiais, amigos, ou até mesmo aquele dia a dia da comida trivial (por exemplo o famoso arroz com feijão).

Nesse post compartilho uma versão saudável de um alimento (e da forma como ele era feito) que faz parte da minha memória afetiva de criança: a beringela frita. 🙂 

Lá em casa quem cozinhava era meu pai, e minha mãe fazia mais os doces. 

Lembro bem do meu pai sempre fazendo pratos diferentes. E essa beringela frita era algo que eu meu irmão amávamos! 

Bom, hoje no almoço eu resolvi criar uma versão saudável dela e tão deliciosa quanto. Talvez tenha batido uma saudade grande (inconsciente) do meu pai e daqueles momentos bons da infância 🙂 

BERINGELA “FRITA”

Ingredientes

1 beringela média fatiada com pelo menos 2 cm de espessura

Azeite qb

Sal qb

Mistura para empanar: 3 colheres de sopa de fubá de milho orgânico (não transgênico), 2 colheres de sopa de farinha de mandioca, 1/2 colher de sopa de sementes de chia, sal à gosto. Só misturar tudo e sobrar guardar em um pote.

MODO DE PREPARO

Fatie as beringelas e cozinhe levemente no vapor só para amaciá-las porém deixe ficarem firmes. Se quiser acrescente uma pitada de sal quando for cozinhar para tirar o amargor.

Depois pincele cada fatia frente e verso com azeite e passe na mistura para empanar.

Esquente uma frigideira com azeite (você escolhe se quiser fazer mais sequinho ou mais molhadinho para frito) e deixe “fritar” cada lado.

*qb = quanto baste

** Essa receita é uma versão mais saudável e menos gordurosa. Fique a vontade para fazer ela mais frita mesmo com mais óleo. O bacana é saber que as frituras quando feitas em casa e com bom óleo não são esse pecado todo que falam. Tudo minha gente é a forma como se faz, os ingredientes que se usa (se são mais verdadeiros, sem químicas e industrialização braba) e a constância que se come.

***Está precisando de mais receitas práticas, saudáveis e deliciosas para o dia a dia? Veja só os EBOOKS de Receitas Express que criei! CLIQUE AQUI para saber mais! 😉

 

Deixe o seu comentário! Vamos trocar :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *