Qual é o maior equívoco sobre ser um veterinário?

veterinaria paciencia
A imagem inicial de um veterinário para a maioria das pessoas é a de alguém que tem a sorte
de passar todos os dias de trabalho com animais fofinhos e fofinhos e seus donos gentis e
responsáveis. Embora isso possa ser e muitas vezes faz parte da realidade de uma clínica
veterinária, não descreve os outros aspectos e cenários possíveis em um dia na vida de um
veterinário. Ao longo de sua carreira, um veterinário pode encontrar proprietários de animais
abusivos, animais agressivos ou perigosos e recomendações e decisões difíceis.
Esse equívoco ilustra a necessidade de os veterinários em potencial considerarem as diversas
demandas da carreira e reconhecer que a profissão exige muito mais do que amor pelos
animais. Claro, a carreira exige uma mão firme e destreza manual para conduzir cirurgias e
outros procedimentos. Além disso, porém, os veterinários precisam ser comunicadores
articulados para explicar e recomendar tratamentos de forma eficaz e fornecer instruções
concisas à sua equipe. Eles precisam ser compassivos em face de doenças fatais e donos
emocionais. Eles precisam ser capazes de tomar decisões sobre as opções de tratamento ou
eutanásia. Eles devem aprimorar as habilidades de gerenciamento para direcionar suas
equipes de suporte e delegar responsabilidades.
Portanto, embora o foco óbvio de uma clínica veterinária seja a saúde animal, a carreira é
claramente aquela que freqüentemente convoca habilidades de observação e comunicação,
compaixão e habilidades de gerenciamento de negócios.

Leave a Reply

Your email address will not be published.