Os benefícios do veganismo – por Vanessa Magalhães

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

 

Texto por Vanessa Magalhães 

Nos últimos anos, houve uma mudança notável no estilo de alimentação das pessoas, em busca de saúde e bem-estar. Uma dessas tendências, que pode ser definida como estilo de vida, é o veganismo. Quem segue esse tipo de dieta, não só descarta o consumo de alimentos de origem animal, mas também o uso de qualquer outro produto que contenha indícios dele.

Para se ter uma ideia, no Reino Unido, o número de veganos aumentou 360% nos últimos 10 anos. Procurando atender essa demanda vegan, houve um grande aumento de empresas voltadas para o novo mercado, oferecendo inúmeras opções aos consumidores. A indústria alimentícia, as lojas e restaurantes seguem a tendência e investem forte no setor.

No Brasil, principalmente nos últimos dois anos, também há um movimento crescente de consumidores aderindo às dietas especiais. Além do diet e light, com lugar garantido no mercado, alimentos sem glúten, sem lactose, veganos e vegetarianos estão conquistando seu espaço nas gôndolas dos supermercados, estabelecimentos e também no cardápio dos restaurantes.

O veganismo agora é mais saudável do que nunca e sua ascensão é tão grande que chegou às conveniências. Restaurantes, takeouts e lanchonetes oferecem pratos que substituem perfeitamente a carne ou outros derivados animais como salsichas, hambúrgueres vegetais e queijos, adaptando todo tipo de receita. Se você quiser manter uma dieta restritiva com pratos muito saborosos, conheça diversas opções vegan aqui!

Benefícios da dieta vegana:

1.   Esse tipo de dieta pode prevenir diversas doenças como alergias, obesidade, diabetes, doenças cardíacas e outras ligadas ao consumo de alimentos ou produtos de origem animal. Estudos comprovaram que o alto consumo de embutidos como carnes enlatadas, salsichas, mortadela, presunto e similares aumentam o risco de alguns tipos de câncer, principalmente do intestino;

2.   Uma alimentação vegana pode ser grande aliada para perder peso. Além de não consumir as gorduras contidas na carne, leite e derivados, você terá que incluir mais vegetais e grãos na sua dieta. Por consequência, vai ingerir alimentos riquíssimos em fibras que proporcionam melhor digestão e trazem sensação de saciedade;

3.   As dietas veganas têm menor custo do que as que incluem produtos animais. Isso é indiscutível, pois todo mundo sabe o preço da carne, dos derivados de leite, etc. Em contrapartida, alimentos como hortaliças, frutas e cereais são mais baratos, principalmente se estiverem em época de safra;

4. O veganismo está diretamente ligado à proteção dos animais e ao meio ambiente. Deixar de consumir produtos de origem animal significa diminuir o abate de rebanhos que envolve também o sofrimento durante a criação. Além disso, evita o desmatamento feito para as pastagens e o alto consumo de água necessário nas criações.


Veja o vídeo que a Malu fez em parceria com o Personare dando dicas e informações sobre a dieta vegana – clique AQUI

Compre o livro da Malu de receitas e informações que tem o veganismo como base clicando AQUI.