19 pequenas orientações para tornar seu filho mais Autoconfiante e Feliz

autoestimacriancas

 

Eu sou mãe do Cauê de 1 ano e quase 5 meses, e desde que me tornei mãe venho passando por várias avaliações sobre quem eu sou, quem estou me tornando e como posso criar meu filho da melhor maneira possível começando pelo meu exemplo e pelas coisas que digo à ele. Para isso, muitas vezes tenho que vencer padrões meus arraigados e mudar, sair da “zona de conforto”, daquela resposta pronta que eu nem sei de onde veio, mas que com certeza veio lá de trás da forma como eu recebi o mundo.

No meu facebook, procuro seguir páginas voltadas para a maternidade ativa e consciente. E numa dessas páginas, a Livre Maternagem, encontrei esse texto e AMEI. E claro, quis compartilhar aqui com vocês 🙂

 

Maria Montessori escreveu 19 pequenas orientações na relação de adultos com crianças, mas se você refletir sobre elas, verá que possuem grande sabedoria em poucas palavras.

1. Crianças aprendem com aquilo que está a seu redor.
2. Se você critica muito uma criança, ela aprenderá a julgar.
3. Se você elogia uma criança com frequência, ela aprenderá a valorizar.
4. Se a criança é tratada com hostilidade, ela aprenderá a brigar.
5. Se você for justo com a criança, ela aprenderá a ser justa.
6. Se você frequentemente ridicularizar a criança, ela se transformará em uma pessoa tímida.
7. Se a criança cresce sentindo-se segura, aprenderá a confiar nos outros.
8. Se você desabona a criança com frequência, ela desenvolverá um sentimento de culpa que não é saudável.
9. Se as ideias da criança são aceitas regularmente, ela aprenderá a se sentir bem consigo mesma.
10. Se você for condescendente com a criança, ela aprenderá a ser paciente.
11. Se você elogia o que a criança faz, ela conquistará autoconfiança.
12. Se a criança vive em uma atmosfera amigável, sentindo-se necessária, aprenderá a encontrar o amor no mundo.
13. Não fale mal de seu filho ou filha, nem quando ele ou ela estiver por perto, nem se estiver longe.
14. Concentre-se em desenvolver o lado bom da criança, de maneira que não sobre espaço para o lado mau.
15. Escute sempre a seu filho e o responda quando ele quiser fazer uma pergunta ou comentário.
16. Respeite seu filho mesmo que ele tenha cometido um erro. Deixe para corrigi-lo depois.
17. Esteja disposto a ajudar quando seu filho estiver procurando algo, mas esteja também disposto a passar despercebido se ele já encontrou o que procurava.
18. Ajude a criança a assimilar o que ela não conseguiu. Faça isso enchendo o espaço que o rodeia com cuidado, discrição, silêncio oportuno e amor.
19. Quando se dirigir a seu filho, faça isso da melhor maneira possível. Dê a ele o melhor que há em você.

Fonte: http://goo.gl/J4mKA8

Deixe o seu comentário! Vamos trocar :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *